REZEMOS PELOS CRISTÃOS QUE SOFREM PELO MUNDO!!!

2. Quem eram os 21 coptas sequestrados pelo Estado Islâmico?

- A maioria dos 21 reféns assassinados covardemente eram migrantes de um vilarejo pobre do Egito, que se transferiram para a vizinha Líbia em busca de novas oportunidades.


- Na Líbia, eles se estabeleceram na cidade litorânea de Sirte, a cerca de 500 quilômetros ao leste da capital, Trípoli.

- Foram sequestrados por milícias ligadas ao Estado Islâmico, em Sirte, entre os meses de dezembro de 2014 e janeiro de 2015.

- No último dia 12 de fevereiro, o Estado Islâmico publicou fotos dos 21 reféns em sua revista online "Dabiq", editada em inglês e voltada a divulgar as suas atividades terroristas ao Ocidente.


3. O que os extremistas do Estado Islâmico fizeram com os reféns coptas?

- Em 15 de fevereiro, os terroristas divulgaram em fóruns jihadistas na internet um vídeo estarrecedor, cujo título era "Uma mensagem assinada com sangue para a nação da cruz". Eles se referem à cristandade.

- O vídeo foi editado pela "Al Hayat", uma das produtoras do grupo terrorista. O Estado Islâmico mantém uma sofisticada estrutura de comunicação e propaganda, que serve tanto para recrutar novos membros na Europa e na América do Norte quanto para disseminar as suas ameaças ao Ocidente.

- As imagens no vídeo mostram os assassinos vestidos de preto e os reféns usando um uniforme laranja idêntico ao de outros reféns degolados anteriormente pelo Estado Islâmico na Síria e no Iraque. De mãos amarradas nas costas, os cristãos coptas são conduzidos em fila à beira do Mar Mediterrâneo, na costa líbia, e obrigados a se ajoelhar na praia. Antes de ser degolados, vários deles aparecem movendo os lábios, possivelmente em oração.

LEIA MAIS AQUI  TEXTO COMPLETO NO ALETEIA

Postagens mais visitadas